PP de Rajoy presidirá Congresso na Espanha após pacto com liberais

Madri, 19 jul (EFE).- O Partido Popular (PP, centro-direita) assegurou nesta terça-feira a presidência do Congresso de Deputados na Espanha para a até agora ministra Ana Pastor graças ao apoio dos liberais dos Ciudadanos.

O PP, que dispõe de 137 cadeiras em uma câmara de 350, somou, para chegar a 169, os 32 deputados do partido liderado por Albert Rivera, para uma política moderada e de absoluta confiança do chefe do governo interino, Mariano Rajoy.

Como presidente do Congresso, Pastor se transforma na terceira autoridade do Estado espanhol após o rei Felipe VI e o chefe do Executivo.

O apoio dos Ciudadanos foi o primeiro acordo entre dois partidos de direita e pode ser o prelúdio de um pacto de posse que permita a reeleição de Rajoy como presidente do Governo.

O líder do PP terá que se submeter a uma sessão de posse que pode ocorrer ser dentro de duas semanas.

O chefe do governo interino já manifestou que está disposto a governar com seus 137 deputados caso não consiga mais apoios na câmara, o que suporia formar um Executivo muito minoritário, uma vez que a maioria absoluta está em 176 cadeiras.

A constituição, hoje, do Congresso dos Deputados e a escolha de sua Mesa, com a presidente à frente, é o primeiro passo institucional que ocorre na Espanha após as eleições legislativas do 26 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos