Santos diz que plebiscito pela paz será votação mais importante da Colômbia

Bogotá, 18 jul (EFE).- O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse nesta segunda-feira que a realização do plebiscito para referendar os acordos de paz que sejam assinados com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) será talvez a votação mais importante da história do país.

"Será um momento histórico, verdadeiramente histórico, no qual teremos a oportunidade e a responsabilidade de fazer ouvir nossa voz, porque o que está em jogo é de enorme importância", afirmou Santos em um pronunciamento ao país horas depois da decisão favorável da Corte Constitucional a sua iniciativa do plebiscito.

Segundo Santos, o plebiscito, que ele convocará uma vez que sejam assinados os acordos, "provavelmente é a decisão de voto mais importante que cada um de nós terá que tomar em toda sua vida" porque se votará "sim" ou "não" ao que foi pactuado em quase quatro anos de negociações em Havana.

A presidente da Corte Constitucional, María Victoria Calle, anunciou hoje que esse tribunal considera que o projeto de lei que estabelece um plebiscito para a paz está "em acordo com as regras da Constituição" e sua convocação, em uma data ainda por definir, é válida.

Por sua parte, o chefe de Estado destacou o valor do mecanismo do plebiscito, sobre o qual disse que "é uma dessas formas de participação popular na qual podem expressar-se todas as vozes e as ideias (...) com a tranquilidade de poder fazê-lo sem temor, sem medo".

No último dia 23 de junho, após mais de três anos de diálogos de paz entre o governo e as Farc, ambas partes anunciaram um acordo sobre o ponto do "fim do conflito", que recolhe entre outras coisas o cessar-fogo e o fim de hostilidades bilateral e definitivo.

Santos lembrou que a aprovação dos acordos por parte dos cidadãos foi um compromisso seu: "Me comprometi com vocês a fazer isso porque a paz é um propósito e um objetivo nacional, de todos os colombianos sem exceção".

Lembrando essa cruzada, o presidente pediu a contribuição de todos "sem importar sua ideologia" a fim de conseguir "uma Colômbia em paz, livre das correntes do sofrimento e da violência".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos