EI volta a ameaçar a França através de um vídeo

Cairo, 21 jul (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) voltou nesta quinta-feira a ameaçar a França através de um vídeo divulgado na internet, no qual afirmou que o silêncio do povo francês a respeito da política de seu governo no Iraque e na Síria está matando seus cidadãos.

"Prometemos que vocês vão ver o pior se ficarem de braços cruzados. Seu silêncio em relação às decisões de seu governo está matando vocês", diz um suposto jihadista na gravação, cuja autenticidade não pôde ser comprovada de forma independente.

O vídeo, intitulado "Seu silêncio mata" e com mais de cinco minutos de duração, mostra também uma representação gráfica, assim como imagens reais, do atentado da quinta-feira passada em Nice.

"Fizemos vocês sofrerem por um momento o que vocês fazem os muçulmanos na Síria e em outros países sofrer", acrescentou o suposto extremista, vestido de preto, armado com uma faca e um kalashnikov e com o rosto coberto, só mostrando os olhos.

Além disso, lembrou que o grupo terrorista já tinha ameaçado realizar um atentado durante a Eurocopa, que aconteceu na França entre junho e julho.

"Não foi no Stade de France, mas durante as comemorações de sua Festa Nacional", acrescentou, em referência ao atentado em Nice, que causou 84 mortos e centenas de feridos.

Além disso, afirmou que é o povo francês o responsável pelo drama que vive hoje.

"Lembrem-se de que vocês estariam tranquilos em casa se não fosse seu governo ter começado a nos agredir", afirmou, antes de acrescentar que o inimigo do povo francês é quem prejudica sua segurança, e "quem causa esse massacre em sua casa é o governo".

O terrorista encorajou os muçulmanos que ainda não se "lançaram à jihad" a fazê-lo.

Trata-se do primeiro vídeo de ameaças à França divulgado pela organização terrorista após o ataque da quinta-feira passada, cuja autoria foi atribuída ao EI pela agência "Amaq", vinculada aos jihadistas, citando uma "fonte de segurança".

No entanto, não é a primeira vez que o EI envia uma gravação ao povo francês, que já recebeu ameaças antes e depois dos atentados de Paris de novembro do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos