Sósias de Hemingway "invadem" cidade para lembrar 117 anos do escritor

Miami, 21 jul (EFE).- Como a cada ano desde 1981, Key West, no extremo sul da Flórida, nos Estados Unidos, se encherá nesta quinta-feira de homens com barba e cabelo grisalho e vestidos como se fossem para um safári a fim de homenagear Ernest Hemingway (1899-1961) em seu aniversário.

O concurso de sósias do escritor americano é a atividade principal dos três dias que Key West lhe dedica todo mês de julho por seu natalício, do qual hoje se completam 117 anos.

Os mais de 100 participantes enfrentarão hoje a primeira rodada de eliminação, na sexta-feira haverá uma segunda e no sábado será realizada a final do inusitado concurso.

O vencedor receberá uma grande medalha e um busto do escritor de vida intensa e de trágico final, uma vez que se suicidou como fez seu pai.

O júri é formado por outros sósias de Hemingway que participaram ou ganharam em edições passadas, segundo os organizadores.

Hemingway passou longas temporadas em Key West, principalmente durante os invernos, desde o final da década dos anos 20 até o fim dos anos 30.

Nesta ilha, hoje unida ao continente por uma sucessão de pontes entre a região de Florida Keys, Hemingway escreveu muitas de suas obras, como "Por Quem os Sinos Dobram", e praticou a pesca, um de seus esportes preferidos, que também desfrutava na vizinha Cuba.

O bar Sloopy's Joe, que era o favorito do autor de "O Velho e o Mar" e "Adeus às Armas" em Key West, é a sede do concurso anual de sósias do vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1954.

A cidade também realizará um leilão de objetos relacionados com o escritor, um campeonato de queda de braço, um torneio de pesca e uma festa de aniversário para Hemingway com direito a bolo e velas.

Além disso, a Hemingway Look-Alike Society anunciará os ganhadores das bolsas de estudos que concede anualmente a estudantes de Key West.

Segundo o site "KeyNets", Hemingway chegou pela primeira vez a Key West em 1928 a bordo de um navio procedente de Havana e, embora a princípio só fosse fazer uma parada, acabou passando ali longas temporadas até 1939.

A vila de estilo colonial onde residiu é hoje um museu e os jardins do edifício onde se encontra um apartamento no qual se alojou no início de sua estadia em Key West também podem ser visitados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos