Áustria e República Tcheca elevam vigilância nas fronteiras com a Alemanha

Viena, 22 jul (EFE).- A Áustria e a República Tcheca fortaleceram com patrulhas policiais nesta sexta-feira a vigilância em suas fronteiras com a Alemanha, após o tiroteio ocorrido em um shopping de Munique no qual morreram pelo menos oito pessoas.

O ministro do Interior tcheco, Milan Chovanec, anunciou na emissora de televisão pública de seu país que se tinha decidido extremar a vigilância fronteiriça "sobretudo para o eventual caso que um dos atiradores tente fugir da Alemanha".

Também foi ordenada uma maior presença policial em muitos shoppings do país, acrescentou Chovanec.

Além disso, a Áustria "elevou as medidas de segurança" nos limites com a vizinha Baviera alemã e em todo o país, declarou à televisão pública austríaca "ORF" o diretor-geral de Segurança Pública, Konrad Kogler.

"Toda a equipe da unidade antiterrorista 'Cobra' foi colocada em alerta, de modo que estamos plenamente em condições de reagir", explicou Kogler, acrescentando que foram tomadas medidas especiais nos Estados federados do norte, limítrofes com a Alemanha

Além disso, em resposta a uma solicitação das autoridades alemãs, 42 agentes da citada unidade antiterrorista foram enviados a Munique para reforçar a polícia local, acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos