Donald Trump se apresenta como "candidato da lei e da ordem"

Cleveland (EUA), 21 jul (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, se apresentou nesta quinta-feira como o candidato da "lei e da ordem" e a voz dos "esquecidos".

No discurso de aceitação da indicação na Convenção Nacional Republicana, Trump afirmou que "não haverá prosperidade sem lei e ordem", e ressaltou que "na corrida pela Casa Branca, eu sou o candidato da lei e da ordem".

Além disso, disse que é a "voz" dos "homens e mulheres esquecidos de nosso país".

"Me levanto todos o dias com a determinação de servir àqueles que encontrei por todo o país que foram esquecidos, ignorados e abandonados", reiterou Trump em discurso que foi interrompido em várias ocasiões pelas palmas e gritos dos delegados presentes no ginásio Quicken Loans.

"A retórica irresponsável de nosso presidente, que utilizou o púlpito para dividir-nos pela raça e pela cor, criou nos Estados Unidos um ambiente mais perigoso para todos", acrescentou Trump em referência a Barack Obama.

"Tenho uma mensagem para todos aqueles que ameaçam a paz em nossas ruas e a segurança de nossa polícia: quando fizer o juramento de presidente no próximo ano, restaurarei a lei e a ordem", prometeu.

Trump ressaltou a necessidade de "lei e ordem" nos Estados Unidos após dois tiroteios separados por apenas dez dias neste mês, no qual foram emboscados e assassinados oito policiais, cinco em Dallas (Texas) e três em Baton Rouge (Louisiana), ambos motivados pelas tensões raciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos