Governo colombiano pede às Farc que não insulte ex-presidente Uribe

Bogotá, 23 jul (EFE).- O chefe negociador do Governo nos diálogo de paz com as Farc, Humberto de la Calle, pediu neste sábado ao grupo insurgente para não insultar o ex-presidente Álvaro Uribe, em alusão a comentários ofensivos contra ele feitos por um dos negociadores dessa guerrilha.

"A paz exige grandeza e respeito. Insultos contra o ex-presidente Uribe não constroem a democracia", disse De la Calle em mensagem na conta no Twitter da equipe negociadora do Governo.

Seusis Pausivas Hernández, conhecido como "Jesús Santrich", que faz parte da equipe negociadora de paz das Farc em Havana, tachou Uribe de "narcotraficante" e "paramilitar".

"Ninguém, mesmo que seja cego, pode perder de vista que Álvaro Uribe (...) é um narco e além disso paraco criminoso", escreveu Santrich também no Twitter. "Não há pior cego que o que não quer ver. Uribe é um paraco", acrescentou.

O ex-presidente afirmou a jornalistas que não estranha que as Farc o chamem de paramilitar.

O Governo e as Farc esperam concluir nas próximas semanas a negociação do acordo para pôr fim a mais de meio século de conflito armado no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos