Mísseis atingem bairro da parte antiga de Damasco e deixam 8 mortos

Cairo, 24 jul (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas neste domingo devido à queda de mísseis no bairro de Bab Touma, na parte antiga de Damasco, informou à Agência Efe o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A "Sana", agência de notícias estatal da Síria, culpou o grupo "Exército do Islã", uma das principais facções rebeldes da Síria, pelo lançamento dos mísseis, que além disso provocaram grandes danos materiais na região.

O Observatório explicou que um míssil caiu na região de Al Qaimariya, onde ficam vários restaurantes.

O bairro de Bab Touma, de maioria cristã, costuma ser alvo de bombas lançadas pelos grupos armados rebeldes sírios nos bairros que controlam nos arredores da cidade.

A queda de mísseis em Damasco diminuiu após a entrada em vigor do cessar-fogo pactuado por Estados Unidos e Rússia em fevereiro, que continua vigente em muitas partes da Síria, embora os combates não tenham acabado neste período e inclusive aumentado em alguns locais.

O governo sírio disse hoje que está disposto "a retomar o diálogo" para "conseguir uma solução política" para o conflito e reiterou seu compromisso com o cessar-fogo, segundo uma fonte do Ministerio das Relações Exteriores citada pela "Sana".

A fonte ressaltou que a Síria aceitou o cessar-fogo pactuado por EUA e Rússia, mas pediu a Washington que "cumpra suas promessas" e "trabalhe para conter o fluxo de combatentes, armas e dinheiro" destinados aos terroristas na Síria, porque, apontou, de outra maneira "o fim das hostilidades é inútil".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos