Suposto integrante da Jihad Islâmica morre em exercício na Faixa de Gaza

Jerusalém, 24 jul (EFE).- Um homem de 38 anos, acusado de integrar a milícia armada Jihad Islâmica, morreu neste domingo na Faixa de Gaza durante um treinamento militar, conforme veiculou a agência de notícias palestina "Ma'an".

Fawzi Al-Leham faleceu durante exercícios dos chamados Batalhões Al Quds, que eram realizados na cidade de Khan Yunes, ao sul da Faixa.

A Jihad Islâmica, considerada uma organização terrorista por Israel, Estados Unidos e União Europeia, é o segundo movimento islamista palestino em importância, ficando atrás do Hamas, que governa Gaza desde 2007.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos