Trump ameaça tirar EUA da OMC se for eleito presidente

Washington, 24 jul (EFE).- O candidato do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou neste domingo tirar os Estados Unidos da Organização Mundial do Comércio (OMC) se ganhar as eleições de novembro.

O magnata chamou a OMC de "desastre" e disse que a entidade tenta conter seu plano de impor impostos às companhias americanas que se instalam no exterior para diminuir custos.

"Haverá um imposto", disse Trump em entrevista ao programa "Meet the Press", da rede de televisão "NBC".

"Se acreditam que vão despedir todos os funcionários, mudar sua fábrica para o México, construir aparelhos de ar condicionado e pensar que vão vender esses aparelhos de ar condicionado nos Estados Unidos, então terão que pagar um imposto", disse.

O magnata também se mostrou muito combativo em relação à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que Trump considera obsoleta para combater ameaças modernas, como o terrorismo jihadista.

De fato, quando aceitou a indicação de seu partido nesta semana para concorrer à presidência, Trump declarou que pedirá aos membros da Otan para "pagarem sua parte".

"Recentemente disse que a Otan estava obsoleta, porque não cobria de maneira apropriada o terrorismo e porque muitos dos países-membros não pagam a parte justa. Como sempre, os Estados Unidos estiveram repondo os custos", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos