Polícia sul-africana solta 57 jovens que estavam em caminhão vindo do Malawi

Johanesburgo, 26 jul (EFE).- A Polícia da África do Sul interceptou um caminhão que transportava 57 jovens, com idades entre 11 e 21 anos, do Malawi e os levou para abrigos sociais à espera de que a investigação se conclua, informou o órgão nesta terça-feira.

As vítimas - 18 meninas e 39 meninos - não tinham qualquer documentação e estavam a cargo do motorista e outros dois ocupantes que viajavam na parte dianteira do veículo, que foi detido no domingo na província sul-africana de Noroeste por excesso de velocidade.

A Polícia investiga com a ajuda das autoridades do Malawi a origem e o destino dos jovens, que respiravam por um buraco que fazia as vezes de janela na parte traseira do veículo, completamente fechado.

Os três detidos - acusados de tráfico de pessoas - se negaram a responder às perguntas dos agentes no momento da prisão. Quando os policiais abriram a parte do veículo destinada à carga, duas das crianças que viajavam lá caíram no chão, informou a imprensa, e foi então que descobriram os demais passageiros. Os jovens receberam atendimento médico e estão resguardados por serviços sociais aguardando a conclusão do inquérito.

"Os suspeitos compareceram hoje rapidamente perante o Tribunal da Magistratura de Rustenburg (na província do Noroeste)", afirmou à emissora "eNCA" o delegado nacional interino da Polícia, Khomotso Phahlane.

Os três detidos enfrentam 57 acusações por tráfico de pessoas. A audiência foi adiada para 13 de setembro para dar tempo da Justiça completar o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos