Atentado na Síria deixa pelo menos 44 mortos, aponta agência oficial

(atualiza com número de vítimas e novos detalhes)

Beirute, 27 jul (EFE).- Pelo menos 44 pessoas morreram nesta quarta-feira após a explosão de um veículo na cidade síria de Qameshli, de maioria curda e próxima à fronteira com a Turquia, segundo a agência de notícias oficial do país.

Fontes sanitárias na cidade disseram à agência de notícias "Sana" que também houve dezenas de feridos por essa explosão, que aconteceu no bairro oeste da população.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos rebaixou o número de mortos a 37 -civis e soldados das "Asayish", forças de segurança curdas- e acrescentou que houve 120 feridos.

A ONG explicou que o atentado, perpetrado com um veículo carregado com explosivos, teve como alvo um edifício do órgão de Defesa e de Justiça, pertencente à autoproclamada Administração autônoma curdo-síria, no distrito ocidental da cidade.

O Observatório acrescentou que houve uma segunda explosão em um armazém de combustível, que alimentava um gerador elétrico, que proporcionava corrente ao local onde ocorreu o atentado.

As "Asayish" confirmaram, em comunicado, a explosão de um carro-bomba no bairro oeste de Qameshli às 9h23 local (3h23, em Brasília ) e destacou que houve um grande número de feridos e destroços em uma área residencial.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou através da agência de notícias "Amaq", vinculada aos jihadistas, a autoria deste atentado, que, garantiu, foi perpetrado por um suicida a bordo de um caminhão-bomba.

Qameshli, localizada no norte da província nordeste síria de Al Hasaka, é a "capital de fato" das zonas da administração autônoma curdo-síria, que compreende as regiões de Afrin, Kobani, Al Jazeera e Tel Abiad.

A Síria é há mais de cinco anos palco de um conflito que causou a morte de mais de 280 mil pessoas, de acordo aos números do Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos