Capataz brasileiro sequestrado no leste do Paraguai é libertado

Assunção, 27 jul (EFE).- Um brasileiro de 62 anos que vive no Paraguai foi libertado na madrugada desta quarta-feira, um dia após ter sido sequestrado na cidade de Minga Porá e sem o pagamento do resgate, disseram alguns de seus familiares à imprensa local.

O homem, que trabalha como capataz em uma propriedade rural, foi sequestrado na fazenda por uma pessoa que posteriormente exigiu o pagamento de US$ 10 mil.

No entanto, a mulher do brasileiro disse a uma rádio local que seu marido foi colocado em liberdade horas depois sem que a quantia tivesse sido paga.

Autoridades locais afirmaram que o caso pode ter sido uma tentativa de "sequestro relâmpago" realizada por criminosos comuns.

O agricultor foi feito refém uma semana depois do sequestro de um empresário criador de gado e de um de seus funcionários no departamento de Concepción, no norte do país. Os dois conseguiram escapar do cativeiro após ficarem um dia no local.

A polícia prendeu nesta quarta sete pessoas ligadas a este sequestro, entre elas um vereador do governista Partido Colorado. EFE

jm/id

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos