Exército sírio confirma cerco total a áreas em poder opositor em Aleppo

Beirute, 27 jul (EFE).- O Exército da Síria confirmou nesta quarta-feira o cerco total aos bairros da zona leste da cidade de Aleppo que estão sob o controle de grupos armados opositores, após serem cortadas todas as vias de provisão.

No marco do plano para restaurar a segurança e a estabilidade no local, os soldados "completaram com sucesso a missão militar em Aleppo", anunciou o Comando-geral das Forças Armadas em comunicado. Os uniformizados cortaram "todos os caminhos e cruzamentos usados pelos terroristas para a entrada de mercenários, armas e munição aos distritos do leste da cidade para cometer atos terroristas contra a inocente população de Aleppo".

A chefia do Exército reiterou seu compromisso em garantir a segurança de todos os civis e pediu para que cooperem com os soldados para acabar com as hostilidades e para que a calma volte a Aleppo.

No último dia 17, as forças governamentais sírias tomaram o controle da única estrada de entrada que ficava na metade oriental de Aleppo. Ontem, os soldados do regime continuaram seu avanço por áreas ao norte e fecharam ainda mais o cerco em torno dos bairros do leste.

Há dois dias, as potências ocidentais do Conselho de Segurança da ONU pediram para que fosse estabelecida uma trégua semanal em Aleppo, onde o avanço militar do regime cortou o acesso à ajuda a mais de 250 mil pessoas. O chefe humanitário das Nações Unidas, Stephen O'Brien, alertou sobre a "situação crítica" que vive a população no leste de Aleppo e garantiu perante o Conselho de Segurança que existe o risco de que a zona fique em estado de "sítio".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos