Hillary denuncia "racismo sistêmico" sofrido por negros e latinos nos EUA

Filadélfia (EUA), 28 jul (EFE).- A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, denunciou nesta quinta-feira o "racismo sistêmico" que sofrem as comunidades negra e latina no país, ao prometer uma reforma do sistema judiciário e um maior controle das armas.

"Temos que curar as divisões em nosso país", declarou Hillary durante seu discurso no ginásio Wells Fargo Center, na Filadélfia, onde está sendo realizada a Convenção Nacional Democrata.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos