Cidadão japonês é detido na China por suposta espionagem

Pequim, 31 jul (EFE).- Um cidadão japonês que estava desaparecido desde meados de julho está sendo investigado na China por ser suspeito de "ter posto em perigo a segurança nacional", confirmou este fim de semana o Ministério das Relações Exteriores chinês.

A acusação, habitual em casos de espionagem na China, foi tornada pública no sábado, um dia depois que o governo japonês confirmou que o homem, cujo nome não foi revelado, tinha sido detido pelas autoridades chinesas.

Segundo estas informações, o detido, de aproximadamente 60 anos, dirigia uma organização de promoção de intercâmbios amistosos entre China e Japão.

No começo do mês viajou para Pequim para uma estadia de cinco dias, mas não retornou ao Japão na data esperada, 15 de julho.

As relações entre os dois países experimentam tensões devido a disputas marítimas no Mar da China Meridional e aos receios históricos causados pela invasão japonesa na Segunda Guerra Mundial. EFE

abc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos