Incêndio causa graves danos a histórica mesquita de Akko, em Israel

Jerusalém, 31 jul (EFE).- Um incêndio neste domingo causou graves estragos na mesquita mais importante da cidade israelense de Akko, onde centenas de voluntários tentavam apagar as chamas junto ao Corpo de Bombeiros.

O fato ocorreu na histórica Mesquita de Al-Jazzar, a segunda mais importante da região, depois da Mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, quando as chamas tomaram uma lateral da construção e se propagaram com rapidez em direção à parte central, informaram veículos de comunicação do país.

Centenas de moradores da cidade ajudaram os bombeiros a apagar o fogo, que, segundo o jornal "Ynet", causou graves danos ao complexo. A Polícia israelense investiga o fato e procura alguma pista que possa levar a descobrir se o incêndio foi ou não intencional.

A mesquita, um dos exemplos mais emblemáticos da arquitetura otomana, fica dentro da parte antiga de Akko, cidade tombada como Patrimônio da Humanidade. É considerada uma obra arquitetônica que combina entre suas paredes elementos ornamentais bizantinos e persas, sendo uma mistura das marcas que as potências que passaram pela Terra Santa no segundo milênio deixaram.

A mesquita foi um projeto do governador Ahmad Pasha al-Jazzar, conhecido por sua crueldade e que enfrentou Napoleão Bonaparte quando este tentou tomar a cidade no final do século 18.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos