Guarda Costeira da Itália resgata cerca de 1.800 imigrantes no Mediterrâneo

Roma, 1 ago (EFE).- Cerca de 1.800 imigrantes foram resgatados nesta segunda-feira quando viajavam a bordo de várias embarcações em direção à Europa através do Mar Mediterrâneo, informou a Guarda Costeira da Itália, que coordenou a operação de resgate.

Os imigrantes, que viajavam a bordo de 14 lanchas pneumáticas e duas barcaças, foram resgatados em 16 ações coordenadas desde a Central Operacional da Guarda Costeira da Itália, ligada ao Ministério de Infraestrutura e Transportes, em Roma.

Nas operações de resgate, participaram barcos da Guarda Costeira e da Marinha Militar da Itália, o barco alemão Datlen, do dispositivo de resgate comunitário europeu, e outras membros de ONGs como a Médicos Sem Fronteiras.

A Itália recebe por mar um elevado fluxo de imigração, por sua condição de ponte natural entre Europa e África. Esses últimos dias, o nível de chegada elevou muito. Desde sexta-feira, foram resgatadas 5.439 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos