Bombardeios contra o EI deixam ao menos 20 mortos e feridos no Iraque

Mossul (Iraque), 2 ago (EFE).- Pelo menos 20 civis morreram ou ficaram feridos por bombardeios da Força Aérea iraquiana e da coalizão internacional antijihadista contra posições do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade de Mossul, no norte do Iraque.

Um líder das forças curdas "peshmergas", Gayaz al Suryi, disse à Agência Efe que seis jihadistas morreram nos bombardeios, sem especificar o número de vítimas civis.

Os aviões de guerra iraquianos e da coalizão internacional atacaram vários alvos do EI no norte de Mossul, entre eles a Faculdade de Ciências Islâmicas, ocupada pelo grupo radical.

A operação contra a universidade foi intensa, segundo Suryi, e causou grandes danos materiais no edifício, enquanto alguns civis e veículos que estavam nas ruas próximas acabaram sendo afetados.

Além disso, a coalizão internacional antijihadista bombardeou posições do EI ao sul de Mossul, disse à Efe o general Neshm al Jabouri, comandante das Operações para a Libertação de Ninawa, cuja capital provincial é Mossul.

Os bombardeios tiveram como alvo motos conduzidas por terroristas e plataformas de lançamento de mísseis nas cercanias da base de Al Qayara, que recentemente foi recuperada pelas tropas iraquianas.

Além disso, a fonte informou que as forças governamentais conseguiram assumir hoje o controle da estrada entre a região de Al Qayara, a 50 quilômetros ao sul de Mossul, e Bagdá, depois que abateram dez jihadistas e destruíram dois carros-bomba.

As forças iraquianas, incluídos os "peshmergas", lutam contra o EI na região de Mossul e nas últimas semanas avançaram em direção à cidade, principal bastião do grupo jihadista no Iraque.

A cidade é controlada pelo EI desde junho de 2014, quando a organização terrorista declarou um califado nos territórios iraquianos e sírios que conquistou há dois anos.

Desde então, o EI perdeu território em ambos os países, sobretudo para as tropas governamentais no Iraque, que contam com o apoio aéreo da coalizão internacional antijihadista, que atua contra o EI no Iraque e Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos