Líder talibã e mais de 100 insurgentes são mortos no sul do Afeganistão

Cabul, 2 ago (EFE).- As forças de segurança do Afeganistão mataram o principal comandante talibã na província de Helmand, no sul do país, e outros 114 insurgentes durante os enfrentamentos que vêm ocorrendo nessa região desde a última sexta-feira, informou nesta terça-feira uma fonte oficial.

Designado pelos talibãs como governador em Helmand, o mulá Abdurahim morreu ontem em um bombardeio de um drone americano no distrito de Nad-Ali, onde há dias vêm ocorrendo fortes combates, informou o governo regional em comunicado.

Segundo o documento, o mulá Abdurahim morreu em companhia de um de seus comandantes "enquanto se encontravam muito ocupados preparando a estratégia militar para tomar o distrito de Nad-Ali", onde os talibãs garantiram no domingo que controlavam várias localidades.

Além dos 114 talibãs mortos durante os últimos três dias em Helmand, outros 67 insurgentes ficaram feridos nos combates, de acordo com o governo provincial.

Helmand, uma das províncias afegãs mais instáveis, se encontra sob o assédio de uma nova ofensiva talibã há semanas.

As forças afegãs repeliram há duas semanas, com apoio aéreo dos Estados Unidos, a ofensiva dos insurgentes para ocupar o distrito de Sangin na província. No domingo, as tropas afegãs recuperaram o controle do distrito de Khanshin, que havia sido tomado pelos talibãs.

Em outubro, os talibãs capturaram temporariamente uma área da capital provincial, Lashkargah, em uma de suas conquistas militares mais importantes dos últimos anos.

Os talibãs controlam quatro dos 14 distritos da província e disputam mais um com o governo.

Além disso, em pelo menos outros três distritos as forças governamentais controlam apenas as zonas onde se encontram os centros administrativos e públicos e seus arredores, enquanto o restante está nas mãos dos insurgentes.

Os talibãs ganharam terreno em várias regiões do Afeganistão após o término da missão de combate da Otan em 2014. Desde o fim de 2015, os insurgentes controlam quase um terço do território, segundo informações dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos