Parlamento britânico pede que "BBC" divulgue o salário de suas estrelas

Londres, 2 ago (EFE).- Uma comissão parlamentar propôs nesta terça-feira que a "BBC" divulgue o salário de seus funcionários que ganham mais do que o primeiro-ministro do Reino Unido, em um esforço para aumentar a transparência na emissora pública.

O presidente da comissão de Cultura, Esportes e Meios de Comunicação da câmara dos Comuns, Damian Collins, disse que "não há nenhuma boa razão" pela qual não se possam divulgar os salários dos trabalhadores do ente público melhor pagos que a chefe do governo.

O primeiro-ministro do Reino Unido, atualmente a conservadora Theresa May, tem um salário anual cifrado em abril deste ano em 143.462 libras (cerca de 170 mil euros), o que inclui os ingressos como deputada.

Ao revisar o novo Livro Branco do Governo para a emissora, a comissão considerou insuficiente a proposta de que esta só deva divulgar o salário de seus apresentadores estrelas a partir de ingressos anuais de 450 mil libras (ou 535 mil euros), o que é além disso um umbral mais alto do que o estabelecido para os cargos executivos.

"No assunto dos salários, a questão é que estes são pagos pelos cidadãos através da licença televisiva, tanto os pagamentos dos apresentadores como de executivos. Por que deveria haver normas diferentes para uns e outros?", declarou Collins.

"O umbral deveria ser o mesmo para os executivos e para as estrelas, e deveria ser publicado o salário de qualquer um que ganhe mais que o primeiro-ministro", manifestou.

Um porta-voz da "BBC" disse que publicar os salários individuais de suas grandes contratações prejudicaria a emissora pública frente a suas concorrentes privadas e afirmou que a proposta governamental recolhida no Livro Branco "é uma fórmula de compromisso satisfatória".

O Livro Branco, que propõe a regulação futura da emissora pública, cujo atual estatuto expira no final deste ano, sugere também mudanças nos órgãos diretórios e de supervisão da emissora, que são custeados pelos lares britânicos mediante o pagamento de uma taxa para ter televisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos