Rebeldes houthis assumem controle de região estratégica no Iêmen

Sana, 2 ago (EFE).- Os rebeldes houthis assumiram o controle da região estratégica de Haifan, na província de Taiz, no sudoeste do Iêmen, após semanas de combates contra as forças leais ao presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi, informaram fontes locais nesta terça-feira.

Os houthis, apoiados por tropas leais ao ex-presidente iemenita Ali Abdullah Saleh, tomaram o controle dessa área após derrotarem as forças governamentais na montanha de Qumal, que domina o sul da região.

A aviação da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita efetuou três bombardeios contra posições rebeldes nessa montanha após a retirada das forças governamentais e destruiu um tanque e outros veículos, segundo as fontes.

Pela de Haifan, situada no sul de Taiz, passa uma importante via de abastecimento à capital provincial, assediada pelas milícias houthis e pelas forças de Saleh desde o ano passado.

A ONU pediu uma trégua humanitária com caráter imediato na cidade de Taiz no dia 27 de julho, de modo a proteger os civis dos combates entre as forças do governo e os rebeldes houthis.

Taiz, situada cerca de 255 quilômetros ao sudoeste de Sana, é palco de combates e bombardeios há meses e a situação humanitária é desesperadora.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos