Governo colombiano avisa que cubanos ilegais no país serão deportados

Bogotá, 2 ago (EFE).- O governo da Colômbia negou nesta terça-feira o pedido dos mais de 1,3 mil cubanos que estão no noroeste do país de fornecer-lhes um avião para continuar sua viagem ao México e disse que aqueles que caso não abandonem o território colombiano voluntariamente serão deportados.

O anúncio foi feito pelo diretor-geral de Migração da Colômbia, Christian Krüger, depois de uma reunião com o presidente Juan Manuel Santos; a chanceler María Ángela Holguín, e o ministro do Interior, Juan Fernando Cristo, onde foi analisada a situação dos migrantes irregulares que estão na cidade de Altero, na região de Urabá, fronteira com o Panamá.

"Providências estão sendo tomadas. Convidamos a estes migrantes para que se aproximem a Migração da Colômbia para fazer as deportações voluntárias", disse Krüger, acrescentando que aqueles que não desejem fazê-lo serão deportados.

Krüger explicou que a Colômbia não pode fornecer aos cubanos um voo com destino para o México porque esse país já manifestou que não permitirá a chegada de nenhum avião destas características e porque o país estaria "incorrendo, inclusive como autoridade, no crime de tráfico humano".

Altero é o principal porto caribenho da região de Urabá e sua posição geográfica é usada por estrangeiros de Cuba e outros países, principalmente asiáticos e africanos, como trampolim para fazer uma viagem rumo aos Estados Unidos via Panamá.

A Prefeitura de Altero decretou há uma semana estado de calamidade pública pela presença dos cubanos, que segundo algumas fontes podem ser mais de 3 mil, dos quais 1.273 permanecem em um armazém e em suas proximidades.

As medidas do governo colombiano adotadas buscam blindar as fronteiras contra o trânsito ilegal de pessoas e nesse sentido também anunciou que aqueles que transportem, hospedem ou facilitem a entrada ilícita de estrangeiros ao país serão levados à Justiça pelo crime de tráfico humano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos