Maoísta Pushpa Kamal Dahal é eleito novo primeiro-ministro do Nepal

Katmandu, 3 ago (EFE).- O líder maoísta Pushpa Kamal Dahal, do Partido Comunista do Nepal (UCPN-M), foi eleito nesta quarta-feira primeiro-ministro da nação do Himalaia em substituição a Sharma Oli, que renunciou há dez dias antes de ser submetido a uma moção de censura.

O presidente do parlamento, Onsari Magar, informou que Dahal foi eleito novo primeiro-ministro ao obter 363 votos a favor de um total de 573 da câmara, assegurando assim a maioria.

Dahal, o líder que iniciou o movimento guerrilheiro maoísta que forçou o final da monarquia em 2008 e que já foi primeiro-ministro nesse mesmo ano, era o único candidato a liderar o governo.

Antes do início da votação, Dahal anunciou sua candidatura e lembrou que embora não tenha sido possível formar um governo de consenso no qual estivessem incluídos todos os partidos majoritários, pediu à oposição que no futuro apoie seus "esforços".

"Se for eleito primeiro-ministro, trabalharei estreitamente com todos os partidos políticos para resolver muitos assuntos de forma coletiva", afirmou o líder maoísta durante um discurso que se prolongou por cerca de 30 minutos.

O Partido Comunista Unificado (CPN-UML, marxista-leninista) de Oli, que caiu após perder o respaldo dos maoístas na anterior coalizão de governo e decidiu não apresentar um candidato a primeiro-ministro, foi um dos partidos que votou contra Dahal.

O UCPN-M tem 82 parlamentares e contou com o apoio do Partido do Congresso, que conta com 207 cadeiras, assim como de uma aliança de formações que representa as minorias da região meridional de Terai (Madhesh), que votaram a favor após a promessa de que seria emendada a Constituição com suas reivindicações territoriais.

Os partidos madhesi lideraram uma onda de protestos após a aprovação em setembro da Constituição do Nepal, ao considerar que não lhes beneficiava, e suscitando uma crise política e econômica que deixou mais de 50 mortos, centenas de feridos e um rombo de mais de US$ 10 bilhões em perdas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos