Líder pró-Rússia fica ferido após atentado com bomba em Lugansk

Kiev, 6 ago (EFE).- O pró-Rússia Igor Plotnitski, líder separatista da região ucraniana de Lugansk, ficou ferido neste sábado em um atentado com bomba, segundo informações das autoridades rebeldes.

"Plotnitski ficou ferido esta manhã como resultado de uma potente bomba que explodiu perto de seu automóvel", afirmou a fonte para veículos de imprensa locais.

Com tudo, "a vida de Plotnitski não corre perigo", informou um porta-voz do hospital onde o dirigente insurgente esta sendo tratado dos ferimentos recebidos.

A bomba, que explodiu no centro da capital regional durante a passagem do veículo, também feriu dois acompanhantes do separatista que viajavam no veículo e causou danos nas fachadas dos edifícios vizinhos.

O leste da Ucrânia, onde governa teoricamente um cessar-fogo a partir da assinatura dos Acordos de Minsk, em fevereiro de 2015, vive nas últimas semanas uma escalada de tensão devido ao aumento dos conflitos que custaram a vida tanto a milicianos rebeldes como a soldados ucranianos.

As negociações de paz estão paralisadas, entre outras coisas, pela falta de acordo sobre as eleições nas zonas controladas pelos separatistas, já que Kiev exige garantias de segurança e a presença de observadores internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos