Coalizão árabe lança ataques aéreos contra houthis no Iêmen

Sana, 7 ago (EFE).- A coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita lançou neste domingo ataques aéreos contra posições dos rebeldes houthis no Iêmen, segundo informaram à Agência Efe fontes do movimento rebelde.

As fontes detalharam que a coalizão lançou pelo menos 40 ataques aéreos contra posições na periferia de Sana e nas províncias de Saada e Al Yuf (norte), Heya (noroeste) e Taiz (sudoeste), mas não deram informações sobre mortos ou feridos nesses bombardeios.

Além disso, veículos de comunicação ligados aos rebeldes afirmaram hoje que a coalizão lançou pelo menos 15 ataques contra agrupamentos, armazéns de armas e equipamentos militares dos houthis na montanha Al Nar, perto do porto de Al Maja, no Mar Vermelho.

Os mesmos veículos acrescentaram que a aliança realizou outros cinco bombardeios contra a região de Zu Bab, em Taiz.

Por sua parte, a emissora de televisão "Al Masira", controlada por rebeldes xiitas, falou de nove ataques da coalizão contra a região de Naham, situada 60 quilômetros ao nordeste da capital.

Por outro lado, o exército leal ao presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, declarou hoje em comunicado que a coalizão lançou 11 ataques aéreos que destruíram equipamento militar dos "golpistas", em referência aos houthis, perto da cidade de Hard, na província de Heya.

Estes bombardeios acontecem um dia depois que o enviado especial da ONU para o Iêmen, Ismail Ould Sheikh Ahmed, anunciou o fim das negociações de paz entre o governo iemenita e os rebeldes no Kuwait, embora tenha assegurado que estas prosseguirão em outro lugar ainda não determinado.

Em entrevista coletiva, o mediador negou que as conversas do Kuwait, que começaram no final de abril, tenham sido um fracasso e garantiu que não se pediu a esse país que acolha a próxima rodada.

A aliança de exércitos árabes capitaneada por Riad lançou uma ofensiva militar no país vizinho contra os rebeldes houthis depois que estes expulsaram da cidade de Áden o presidente iemenita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos