Papa pede que gestos de ódio no mundo tenham como resposta gestos de bondade

Roma, 7 ago (EFE).- O papa Francisco pediu neste domingo que as pessoas respondam "aos gestos de ódio e de destruição" no mundo com "gestos de bondade" e solicitou fraternidade entre as pessoas além de suas culturas ou da religião que professem.

"Aos gestos de ódio e destruição respondamos com gestos de bondade. Temos diferentes culturas e religiões, mas somos irmãos", escreveu o pontífice através de sua conta no Twitter, traduzida em nove idiomas.

Francisco defendeu em múltiplos ocasiões a necessidade de evitar a violência como resposta às agressões e, neste sentido, advogou pelo diálogo entre religiões como meio para conseguir a paz no mundo.

Em seu voo rumo à Polônia, em 27 de junho, o papa reconheceu que "o mundo está em guerra porque perdeu a paz", mas argumentou que não se trata "de uma guerra de religiões".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos