Bombardeiros russos atacam posições jihadistas na Síria

Moscou, 8 ago (EFE).- Seis bombardeiros estratégicos Tu-22M3 das Forças Aeroespaciais Russas atacaram nesta segunda-feira posições do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) nos arredores da cidade síria de Palmira, informou o Ministério da Defesa russo.

"Seis bombardeiros estratégicos Tu-22M3, que decolaram do território da Federação Russa, atacaram alvos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em regiões a leste e nordeste de Palmira, perto das localidades de Suhnah e Arak", afirma um comunicado da pasta russa.

Segundo a nota, os bombardeiros russos voltaram a sua base após completar com sucesso sua missão.

Os aviões, segundo a nota, destruíram vários pontos de comando e acampamentos dos terroristas, três blindados e 12 automóveis 4x4 dotados de metralhadoras pesadas.

A Rússia, que intervém no conflito sírio em apoio do regime de Damasco, não tinha recorrido a sua aviação estratégica desde o ano passado até um mês atrás, depois que os jihadistas derrubaram um helicóptero Me-25 russo perto de Palmira, com dois tripulantes a bordo.

O ataque de hoje também aconteceu pouco depois de outro helicóptero russo cair na Síria, um Me-8 com cinco militares a bordo derrubado no dia 1º de agosto na província de Idlib.

Os cinco ocupantes do aparelho, que segundo Moscou voava em uma missão humanitária, morreram no ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos