Muçulmanos fazem arrecadação para família de padre assassinado na França

Paris, 8 ago (EFE).- A União de Muçulmanos da cidade de Rouen (UMR), no norte da França, decidiu lançar uma campanha para arrecadar recursos para ajudar a família do padre assassinado por dois jihadistas no dia 26 de julho enquanto ele rezava uma missa.

A UMR afirmou em uma mensagem veiculada em sua página do Facebook que faz esse "chamado à solidariedade (...) em homenagem ao padre Jacques Hamel e em apoio a seus próximos".

Hamel, de 86 anos, foi assassinado quando rezava uma missa na paróquia de Saint Étienne du Rouvray, próxima a Rouen, onde os dois jihadistas de 19 anos de idade também feriram com gravidade um fiel idoso antes de serem abatidos pela polícia.

Não é a primeira vez que os muçulmanos franceses se solidarizam com esse incidente: integrantes dessa comunidade participaram tanto do funeral solene organizado em 2 de agosto como das distintas cerimônias em homenagem ao religioso organizadas dias após sua morte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos