Resquícios da tempestade tropical Earl deixam 45 mortos no México

(Atualiza número de mortos e de afetados).

Cidade do México, 8 ago (EFE).- As fortes chuvas ocasionadas pelos resquícios da tempestade tropical Earl deixaram 45 pessoas mortas no México e o número poderia aumentar porque há vários desaparecidos, informaram as autoridades nesta segunda-feira.

Fontes do governo estadual de Puebla confirmaram à Agência Efe que 32 pessoas morreram em deslizamentos e desmoronamentos ocorridos na serra Norte do estado.

"As equipes de resgate e apoio já estão nas zonas montanhosas e seguem reportando pessoas desaparecidas", disse o coordenador nacional da Defesa Civil, Luis Felipe Puente.

As autoridades explicaram que mantêm as tarefas de remoção de terra nos municípios de Huauchinango e Tlaola, onde as chuvas provocaram os maiores estragos. Em oito albergues habilitados pelas autoridades locais e pelo Exército 500 desabrigados estão sendo atendidos.

Em Veracruz, as autoridades confirmaram a morte de 12 pessoas em deslizamentos de terra e aumentaram o número de municípios atingidos para 48 municípios. Também subiu o número de afetados. Ao todo, são 32.479 habitantes atingidos e 6.300 casas danificadas, segundo a secretária de Defesa Civil, Yolanda Gutiérrez Carlín.

Em entrevista a "Imagen Radio", Puente explicou que os problemas ocasionados pelo Earl se devem aos deslizamentos em encostas e aos assentamentos irregulares em várias regiões de Veracruz e Puebla. Estas comunidades praticamente não tem conexão umas com as outras, por isso o trabalho de resgate se torna mais difícil.

"São caminhos muito estreitos nos quais deu muito trabalho entrar porque os deslizamentos de terra ocorreram em toda a região alta da montanha", indicou o coordenador da Defesa Civil, que afirmou que a área continua sendo perigosa.

O Earl, que alcançou a categoria de furacão na escala de intensidade de Saffir-Simpson durante sua passagem pelo Oceano Atlântico, foi perdendo força em sua trajetória pelo território mexicano, apesar de seus remanescentes, caracterizados por fortes chuvas, afetarem severamente vários estados no último fim de semana. EFE

mqb-eap/cdr

(foto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos