Suposto "alto representante" do Estado Islâmico é detido na Alemanha

Berlim, 9 ago (EFE).- A polícia alemã deteve nesta terça-feira em Mutterstadt (oeste) a um suposto "alto representante" do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no país, segundo meios de comunicação locais que citam o Ministério do Interior do "Land" da Renânia-Palatinado.

O jornal "Bild" e a revista "Der Spiegel" asseguram em suas edições digitais que o suspeito foi detido por um comando das forças especiais graças a uma informação proveniente de uma prisão em Gelsenkirchen (oeste).

Além disso, o jornal aponta que esta detenção está relacionada com uma ameaça terrorista para o início da próxima temporada da primeira divisão do futebol alemão, prevista para 26 de agosto.

"Há indícios de que estava sendo preparado algo para o começo da temporada da Bundesliga", garantiu ao "Bild" o porta-voz do Ministério do Interior da Renânia-Palatinado, enquanto a fonte de "Der Spiegel" falava de "possíveis planos de atentado".

A Alemanha sofreu dois ataques jihadistas no final de julho nos quais os dois terroristas foram mortos e várias dezenas de pessoas ficaram feridas.

O primeiro aconteceu em 18 de julho, quando um afegão de 17 anos atacou com um facão e um machado a cinco viajantes ao acaso em um trem na altura de Würzburg (sul).

Seis dias mais tarde, um sírio de 27 anos morreu ao explodir a bomba caseira que levava nas proximidades de uma sala de concertos. EFE

jpm/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos