Corpo de menina é encontrado em mala de casal na fronteira dos EUA com México

Em San Diego

Os Estados Unidos confirmaram nesta quarta-feira que o corpo de uma menina de dois anos foi encontrado no interior da mala de um casal que pretendia atravessar o posto de controle na fronteira do país rumo ao México.

Na tarde de terça-feira, um casal americano chegou à travessia pedestre de San Ysidro, que liga San Diego à cidade mexicana de Tijuana. Quando foram interrogados por agentes da alfândega mexicana, a mulher fugiu do lugar, abandonando o homem que levava a mala.

Os agentes colocaram a bagagem em uma máquina de raio X e descobriram o corpo de uma menina de aproximadamente dois anos, segundo contou à Agência Efe o tenente da Polícia de San Diego, Ray Valentín.

O homem, identificado como Johnny Lewis Hartley, de 39 anos, foi detido no local, enquanto a mulher Mercy Mary Becerra, de 43 anos, foi detida pelas autoridades mexicanas pouco depois.

Os dois suspeitos foram levados para autoridades do Escritório de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e encontram-se agora sob custódia da polícia de San Diego, na Califórnia.

As autoridades policiais também informaram que o corpo da menor foi entregue ao instituto médico legal do local.

O casal, originário de Whittier, cidade localizada ao sudeste de Los Angeles, foi interrogado por detetives da unidade de homicídios e indiciado com acusações criminais de homicídio.

As autoridades de San Diego disseram que a morte da menor ocorreu em Whittier e que mantêm uma investigação conjunta com a polícia dessa cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos