Impacto de foguetes em bairros do oeste de Aleppo deixa 14 mortos

Cairo, 10 ago (EFE).- Pelo menos 14 pessoas morreram nesta quarta-feira em decorrência do impacto de foguetes lançados por facções armadas opositoras sobre bairros sob controle das autoridades sírias na cidade de Aleppo, informou a agência de notícias oficial "Sana".

A fonte indicou que também ficaram feridas 44 pessoas na região de Hamdaniya e outros bairros residenciais de Aleppo pelo lançamento de "foguetes e projéteis explosivos" por parte de "organizações terroristas", como denomina os rebeldes.

Por sua parte, o Observatório Sírio de Direitos Humanos rebaixou o número de mortos a oito e um número indeterminado de feridos.

A ONG, que dispõe de uma ampla rede de ativistas no terreno, disse que há vários feridos em estado grave, razão pela qual o número de vítimas pode aumentar.

Segundo o Observatório, os projéteis atingiram zonas no sul da cidade, em cujas proximidades se registram combates entre os rebeldes e o exército governamental.

Além disso, foram alvo de ataques outros bairros da cidade sob o controle das forças do regime, localizados na parte ocidental da mesma.

As facções armadas estão tentando cortar as vias de acesso e fornecimento a essa área, depois que conseguiram no final de semana passado romper o cerco militar imposto em meados de julho sobre os bairros rebeldes, localizados na parte oriental.

A ONU calcula que cerca de dois milhões de pessoas estão sob assédio, sem possibilidades de receber ajuda humanitária e sem provisão de água nem eletricidade, depois que tanto a parte oriental como a ocidental de Aleppo tenham sido praticamente cercadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos