Explosão de bomba em mercado da Tailândia mata uma pessoa e deixa 7 feridos

Bangcoc, 11 ago (EFE).- Uma pessoa morreu e sete ficaram feridas nesta quinta-feira após a explosão de uma bomba em um mercado da capital da província de Trang, no sul da Tailândia, uma região que é palco de um conflito separatista que já deixou mais de 6,5 mil mortos desde 2004.

A vítima mortal é um dos vendedores do mercado, um tailandês de 51 anos de idade, que faleceu no hospital, segundo o jornal "Bangcoc Post".

A explosão ocorreu no mercado chamado Center Point, que está localizado a cerca de cem metros da Prefeitura e de um escritório da comissão eleitoral.

Os atentados com armas leves, os assassinatos e os ataques com explosivos são frequentes principalmente nas províncias sulinas de Pattani, Yala e Narathiwat, de maioria muçulmana e etnia malaia, por sua proximidade com a Malásia, apesar do desdobramento de cerca de 40 mil membros das forças de segurança e da vigência do estado de exceção.

Os insurgentes denunciam a discriminação sofrida por parte da maioria budista do país e exigem a criação de um Estado islâmico que integre estas três províncias, que configuraram o antigo sultanato de Pattani, anexado por Tailândia há um século.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos