Bulgária intercepta 166 imigrantes irregulares em 24 horas

Sófia, 12 ago (EFE).- A polícia búlgara interceptou um total de 166 imigrantes ilegais em distintas operações realizadas nas últimas 24 horas na capital, Sófia, segundo informou nesta sexta-feira o Ministério Interior.

As forças de segurança controlaram a identidade de cerca de 300 estrangeiros em distintas zonas de Sófia, dos quais 166 não dispunham de documentos, por isso que foram detidos.

As autoridades de Sófia aumentaram no começo do mês os controles nas imediações da estação de trens, onde costumam se concentrar refugiados que entraram ilegalmente no país desde a Turquia e que buscam uma forma de continuar seu trajeto rumo à Sérvia e, desde lá, para os países ricos da Europa.

A Bulgária teme que seu território seja usado maciçamente pelos que fogem da guerra e da miséria no Oriente Médio, Ásia e África como rota alternativa à dos Bálcãs, por onde até o começo de 2016 cruzaram centenas de milhares de pessoas.

A Bulgária constrói uma cerca de 160 quilômetros com sua fronteira com a Turquia para impedir a entrada ilegal de pessoas, da qual até agora completou cerca de 70 quilômetros.

Um total de 7.845 pessoas pediram asilo na Bulgária desde o começo do ano, informaram à Agência Efe fontes da Agência Estatal de Refugiados, das quais somente 280 foram aprovadas.

Um total de 4,1 mil pedidos foram canceladas porque os solicitantes já deixaram o país, apontaram essas fontes.

vp/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos