Rússia envia 2 aviões para ajudar a controlar incêndios em Portugal

Moscou, 13 ago (EFE).- O Ministério para Situações de Emergência da Rússia enviou neste sábado dois aviões anfíbios Be-200 para ajudar a apagar os incêndios florestais em Portugal, atendendo a um pedido oficial do governo português.

Os aviões anfíbios russos, usados na luta contra incêndios florestais desde 2003, decolaram do Aeroporto Internacional de Zhukovsky, nos arredores da capital russa, segundo a assessoria de comunicação do ministério.

O Be-200, que tem capacidade para 12,5 toneladas de água, é considerado um dos aparelhos mais efetivos na luta contra o fogo. Anteriormente, a Rússia enviou seus aviões para combater incêndios florestais em Montenegro, Sérvia, Grécia e Indonésia, por exemplo.

As autoridades portuguesas criticaram à União Europeia quanto a pouca solidariedade mostrada pelos países-membros, exceto por Espanha e Itália, perante a grave situação gerada pela série de incêndios florestais, que provocou a maior parte dos estragos no arquipélago da Madeira.

Hoje, o número de incêndios diminuiu com relação aos dias anteriores, mas três grandes focos nas cidades de Aveiro e Viana do Castelo ainda continuam ativos. Conforme os mais recentes dados da Autoridade Nacional de Defesa Civil de Portugal (ANPC), 56 incêndios florestais estão ativos no país neste momento, mas apenas três são considerados de grandes dimensões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos