Morre autor de ataque em trem na Suíça

Genebra, 14 ago (EFE).- O autor do ataque com arma branca de ontem em um trem na Suíça morreu neste domingo como consequência das graves queimaduras sofridas, confirmou a Polícia do cantão de St. Gallen, onde aconteceu o caso.

Ontem, um suíço, de 27 anos, despejou um líquido inflamável dentro do vagão onde viajava com dezenas de pessoas e ateou fogo, deixando seis feridos.

Uma mulher de 34 anos, que também sofreu graves queimaduras, foi a primeira vítima e faleceu no hospital onde foi atendida. Uma jovem, de 17 anos, e uma menina, de seis, estão em estado grave.

Os motivos do crime ainda não foram esclarecidos, mas a Polícia já excluiu a possibilidade de ato terrorista. Policiais já inspecionaram o domicílio do criminoso, que não tinha antecedentes e não era conhecido pelos corpos de segurança. Um porta-voz da Polícia indicou que "todas as possibilidades estão sendo analisadas", inclusive a de crime passional.

O trem passava por St. Gallen, perto da fronteira com o Principado de Liechtenstein. A decisão do maquinista de parar a composição na estação mais próxima após ativar o alarme de incêndio permitiu que as equipes de socorro agissem rapidamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos