Bombardeios contra dois bairros rebeldes de Aleppo deixam 19 mortos

Cairo, 16 ago (EFE).- Pelo menos 19 pessoas morreram nesta terça-feira e dezenas ficaram feridos em bombardeios aéreos contra dois bairros da cidade de Aleppo em mãos de facções opositoras, informou o Observatório Síria de Direitos Humanos.

Os aviões, que não se sabe se são russos ou sírios, atacaram os distritos de Al Sajur e Tariq Al Bab, no leste da cidade, durante uma intensa campanha de bombardeios que começou a meia-noite.

O Observatório não descartou que aumente o número final de vítimas mortais devido à grande quantidade de feridos e de civis que estão desaparecidos sob os escombros das casas.

Os aviões seguem sobrevoando e bombardeando a cidade de Aleppo, onde nas últimas horas lançaram dezenas de ataques contra os bairros opositores de Al Zubdiya, Bustan al Qasr, Al Sukari, Al Moasalat, Al Fardus, Qadi Askar, Al Yasmati e Bab al Hadid.

Também tiveram como alvo as localidades de Al Mansura, Kafr Dae, Al Atareb e Dara Eza, situadas ao oeste da cidade e controladas também pelos rebeldes.

A cidade de Aleppo é disputada pelas forças de Damasco e os rebeldes desde o verão de 2012, quando os insurgentes conquistaram amplas áreas da cidade, a segunda da Síria e uma das mais castigadas pelo conflito que começou em março de 2011.

As principais frentes de batalha hoje em dia estão na periferia da zona industrial de Al Ramusa -por onde passa o corredor aberto pelos opositores- e nos arredores dos bairros de Al Zahra, Al Yaberiya e Al Suleimaniya, no norte, onde se encontra a atual via de abastecimento do regime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos