Cirurgiões salvam vida de homem que tinha bambu de 15 cm cravado no cérebro

Sófia, 16 ago (EFE).- Uma equipe de neurocirurgiões da Bulgária salvou a vida de um homem de 57 anos que sofreu um acidente doméstico no qual acabou com um pedaço de bambu de 15 cm cravado no cérebro.

O médico Yordan Panov, diretor do hospital de neurocirurgia da cidade de Pleven, que fica a cerca de 160 quilômetros da capital Sófia, disse hoje aos veículos de imprensa que o paciente sofreu um acidente há duas semanas quando perdeu o equilíbrio e caiu no jardim de sua casa sobre um pedaço de bambu que servia para manter uma planta ereta.

O resultado foi que o bambu entrou pelo olho esquerdo, atravessou várias partes do cérebro e acabou atingindo o cerebelo.

O paciente foi internado com urgência no hospital em estado de coma e uma equipe de cirurgiões fez uma intervenção de duas horas na qual a parte posterior do crânio foi aberta. Os médicos conseguiram controlar as hemorragias e removeram o bambu de forma que foi possível minimizar os danos.

"Foi uma operação sem precedentes na história médica. Como se fosse um milagre, o paciente saiu do estado de coma, está consciente e, depois de 14 dias do acidente, já conseguia movimentar as mãos e as pernas. Além disso, foi possível salvar a vista de um olho", relatou o médico em comunicado.

Panov explicou que este paciente foi operado há cinco anos de um câncer de laringe e, na época, os médicos lhe deram apenas seis meses de vida, mas ele conseguiu se recuperar totalmente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos