Forças curdo-árabes sírias arrebatam do EI três povoados perto de Manbech

Cairo, 16 ago (EFE).- A milícia curdo-árabe Forças da Síria Democrática (FSD), respaldada pelos Estados Unidos, arrebatou nesta terça-feira o controle de três cidade próximas a Manbech do grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, as aldeias liberadas são Ilan, Al Gora al Kubra e Al Gora al Sugra, nos arredores rurais do sul e sudeste de Manbech, na província de Aleppo.

Os enfrentamentos entre as FSD e o EI, acompanhados de bombardeios recíprocos, causaram baixas nas fileiras de ambos os lados, embora o Observatório não pôde precisar um número exato.

Manbech, liberada na sexta-feira passada, é considerada pelos Estados Unidos uma praça importante do EI para manter o trânsito de combatentes estrangeiros desde a Turquia a seu reduto de Al Raqqa e às linhas da frente na Síria e Iraque.

Com a queda da cidade, os forças locais apoiadas pelas forças especiais americanas pode começar a preparar a tomada de Al Raqqa, que é a capital de fato do EI na Síria.

O mesmo secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter, marcou ontem como próximo alvo Al Raqqa.

"O sucesso de Manbech ajudará a reforçar o isolamento de Al Raqqa e nos permitirá alcançar nosso novo objetivo na campanha na Síria, derrubar o controle do EI sobre a cidade", expressou Carter em comunicado.

No entanto, as FSD anunciaram há dois dias que seu próximo alvo é a cidade de Al Bab, controlada pelo EI e situada entre Manbech e Aleppo, mas em direção contrária a Al Raqqa.

Para os curdos -os principais integrantes das FSD- é mais prioritária Al Bab, já que fica no território que historicamente consideram curdo, enquanto Al Raqqa não.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos