Inundações da Louisiana deixam 7 mortos e diques transbordados

Washington, 16 ago (EFE).- Alguns diques transbordaram em decorrência das inundações no sul do estado da Louisiana, onde sete pessoas morreram desde o fim de semana pelas enchentes e 20 mil precisaram ser evacuadas, informaram as autoridades locais.

Segundo o Lower Mississipi River Forecast Center, as inundações ocorreram após dois dias de chuva intensa em uma zona de pântano e em alguns pontos abaixo do nível do mar, algo que qualificou como "um evento que acontece uma vez a cada cem anos".

As piores precipitações, que deixaram dois metros de água em poucas horas, ocorreram na região sulina conhecida como Bayou, uma área pantanosa banhada pelo caudaloso rio Mississipi.

Um terço de toda Paróquia de Ascension, entre Baton Rouge e Nova Orleans, segue sob a água, depois que vários diques foram ultrapassados pelas enchentes, algo que lembra o desastre do furacão Katrina, de 2005, que deixou cerca de 2 mil mortos.

"As próximas 24 e 48 horas vão servir de indicador de quanto risco persiste no condado", garantiu em comunicado Rick Webre, diretor de segurança de Ascensión.

Por enquanto, a maior parte das zonas afetadas segue sob a água, embora espera-se que lentamente as águas retrocedam, enquanto milhares seguem em refúgios, alguns improvisados como o estúdio de televisão "Celtic".

O governo federal declarou estado de desastre pelas fortes chuvas, que apesar transbordar diques, não parecem ter causado rompimentos em válvulas de bombeamento de inundações, que falharam durante o Katrina.

Imagens como cemitérios inundados e caixões flutuando sobre as águas voltaram a ressuscitar as lembranças daquele desastre natural.

O governador, John Bel Edwards, visitou as zonas afetadas na segunda-feira e garantiu que serão destinados fundos para a recuperação, embora "reste muito trabalho para fazer".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos