Operação das forças de segurança da Rússia deixa 4 mortos em São Petersburgo

Bamaco, 17 ago (EFE).- Um violento confronto entre manifestantes e policiais em frente a um tribunal de Bamaco, capital do Mali, deixou ao menos três mortos e mais de dez feridos na manhã desta quarta-feira.

Milhares de manifestantes, a maioria jovem, se dirigiram na manhã de hoje ao tribunal de primeira instância, situada no quarto distrito, para protestar contra a detenção e o julgamento de um blogueiro muito popular no país, antes de invadirem o edifício do tribunal, segundo pôde constatar a Agência Efe.

Além disso, os manifestantes bloquearam os acessos do bairro com pneus incendiados e lixo dos contêineres mais próximos.

As forças de segurança usaram gás lacrimogênio na tentativa de dispersar os manifestantes, mas não conseguiram dissuadir a multidão presente, que lançou pedras contra os agentes.

De acordo com a polícia do Mali, os manifestantes queimaram veículos do Estado e saquearam prédios públicos. O comércio da região foi obrigado a fechar as portas.

O blogueiro Mohammed Youssef Bassili, mais conhecido como "Ras Badhilly" e filho de um ministro do governo do Mali, está sendo julgado por um caso de injúria e difamação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos