Bombardeios contra caminhões de mercadoria matam 4 motoristas no Iêmen

Sana, 18 ago (EFE).- Bombardeios da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita contra caminhões que transportavam mercadorias mataram ao menos quatro motoristas ao norte de Sana, capital do Iêmen, segundo informaram testemunhas à Agência Efe.

Viajantes que passavam pela estrada que liga a capital à província de Marib contaram que um motorista sírio e seu ajudante iemenita morreram após o ataque de um avião da coalização saudita ao seu veículo, que transportava toneladas de refrigerante.

As testemunhas relataram que o caminhão vinha da Arábia Saudita e passava pela província petrolífera de Marib, controlada por forças governamentais leais ao presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi, aliada da coalizão árabe no Iêmen.

Outro motorista acompanhado do ajudante - ambos iemenitas - morreram em um outro bombardeio que teve como alvo um caminhão que transportava cimento fabricado na Arábia Saudita, segundo os relatos.

Os dois ataques aconteceram na região de Matama, situada a 85 quilômegro de Sana. Os caminhões passavam por lá justamente para evitar áreas onde ocorrem combates entre as forças governamentais e os rebeldes houthis.

A rota é usada pelos veículos que cruzam o principal posto de controle da fronteira entre o Iêmen e a Arábia Saudita, em Al Wadia Sharura.

A aliança liderada pela Arábia Saudita iniciou suas operações no Iêmen em março de 2015. Após o fim das negociações pela trégua, no último dia 6 de agosto, os ataques contra supostas posições dos houthis foram intensificados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos