Bombardeios na Síria deixa 25 mortos, entre eles 5 crianças

Cairo, 18 ago (EFE).- Pelo menos 25 pessoas morreram, entre elas cinco crianças, em bombardeios na quarta-feira em bairros da cidade de Idlib, no noroeste da Síria e controlada pelas facções opositoras, informou hoje o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Entre os mortos estão também duas mulheres e dez combatentes rebeldes, acrescentou o OSDH, acrescentando que há vários feridos em estado grave.

O número de mortos aumentou com a passagem das horas devido à continuação dos ataques aéreos, além dos corpos encontrados entre os escombros dos edifícios.

Já uma fonte militar, citada pela agência oficial "Sana", anunciou que a força aérea e a artilharia do Exército síria mataram 40 "terroristas" em bombardeios realizado em vários locais de Idlib.

Segundo a fonte, os ataques tiveram como alvo os "grupos terroristas" Movimento dos Livres de Sham, Jund al-Aqsa e Ashnad al-Sham.

Quase toda a província de Idlib está em mãos da Frente da Conquista do Levante (antigo Frente al Nusra) e de outras facções aliadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos