Segundo ataque contra uma delegacia na Turquia deixa mais 3 mortos

Istambul, 18 ago (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram e cerca de 100 ficaram feridas por conta de uma grande explosão perto de uma delegacia de polícia na cidade oriental de Elazig, na Turquia, informou o jornal "Hurriyet", horas depois que um carro-bomba num ataque similar matasse outras três pessoas na Província de Van.

De acordo com as primeiras informações, um carro-bomba explodiu por volta das 9h20 (hora local) em um estacionamento ao lado da delegacia de Elazig, um edifício de quatro andares.

O prédio ficou praticamente destruído e uma enorme coluna de fumaça pode ser vista de uma grande distância, inclusive algumas lojas a uma distância de dois quilômetros tiveram os vidros das janelas quebrados por conta da explosão, informou a emissora "NTV".

Segundo dados preliminares, antecipado pelas autoridades locais, três policiais morreram na explosão, e aproximadamente 100 pessoas ficaram feridas, dez delas estão em estado grave.

O ataque foi atribuído ao proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda, que nos últimos meses realizou frequentes atentados com carros-bomba contra delegacias de polícia no sudeste da Turquia.

Pouco antes da meia-noite, um ataque muito similar contra outra delegacia na Província de Van, fronteira com o Irã, onde três pessoas morreram, dois deles civis.

As forças de segurança turcas sofrem ataques quase diários do PKK após o fim de um cessar-fogo unilateral pelo fracasso das conversas de paz com o governo, em julho do ano passado.

Aproximadamente 600 policiais e soldados já morreram em atentados desde então.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos