Tempestade tropical Fiona se fortalece em águas do Atlântico

Miami, 18 ago (EFE).- Fiona, a sexta tempestade tropical da temporada de furacões na Bacia Atlântica, se fortaleceu nesta quinta-feira ao ter seus ventos máximos sustentados a 75 km/h em seu avanço em direção noroeste pelo Atlântico, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

O NHC indicou em seu boletim mais recente que Fiona está a 1.740 quilômetros ao oeste das ilhas de Cabo Verde e se movimenta rapidamente em direção oeste-noroeste com uma velocidade de translação de 26 km/h.

A tempestade tropical, situada perto da latitude 16.2 graus norte e a longitude 40.3 de graus oeste, manterá a atual trajetória nas próximas 48 horas, disseram os meteorologistas do NHC, com sede em Miami.

Na semana passada, a Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA) atualizou sua previsão para a temporada de furacões no Atlântico, que deve ser mais ativa do que o normal, com a formação de entre 12 a 17 tempestades, das quais entre 5 e 8 podem chegar a ser ciclones e, destes, entre 2 e 4 de categoria maior.

Os especialistas da NOAA indicaram que existe 70% de possibilidades que ocorrer uma temporada de furacões na Bacia Atlântica "perto do normal ou acima do normal".

Os cientistas estimaram que a atual temporada, que termina em 30 de novembro, será a mais ativa desde 2012.

Até o momento, na atual temporada de ciclones foram registradas seis tempestades com nome, incluindo dois furacões, Alex e Earl.

Quatro delas tocaram terra: Bonnie e Colin alcançaram os estados da Carolina do Sul e Flórida, respectivamente, enquanto as costas de Belize e México se viram castigadas por Danielle e Earl, que deixou neste último país pelo menos 54 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos