Trump se diz "arrependido" por coisas que disse "no calor do debate"

Washington, 18 ago (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou nesta quinta-feira seu "arrependimento" por algumas das coisas que disse "no calor do debate" durante a campanha eleitoral, especialmente aquelas que causaram "dor pessoal".

O magnata, cujas saídas de tom não cabem nos dedos das mãos, mas pelas quais quase nunca se desculpa, fez estas surpreendentes declarações durante um ato na Carolina do Norte, o primeiro após reestruturar nesta quinta-feira sua equipe de campanha.

"Às vezes, no calor do debate e falando sobre vários assuntos, você não escolhe as palavras corretas ou diz algo errado. Eu fiz isto e, acreditem ou não, me arrependo disso, particularmente quando possa ter causado dor pessoal", disse o magnata nova-iorquino.

Trump comentou ainda que "há muito em jogo" para os republicanos nas eleições para "ficar se consumindo" com este tipo de polêmica.

Além disso, justificou seu temperamento, criticado por muitos de seus companheiros de partido, pelo fato de que "não é um político" de carreira, mas alguém "que dedicou toda sua vida a fazer negócios".

"Nunca quis aprender esse idioma (o dos políticos), e nunca fui politicamente correto. Toma tempo demais", acrescentou o candidato republicano.

Trump lançou sua candidatura com um discurso no qual classificou os imigrantes mexicanos como "estupradores" e "traficantes de droga" e durante os seguintes meses passou por cima de seus rivais republicanos com contínuos ataques pessoais até conseguir a indicação do Partido Republicano.

Muitos esperavam que após ser proclamado oficialmente como candidato, Trump moderaria seus gestos, mas longe disso, protagonizou uma espiral de polêmicas que o afundou nas pesquisas.

Uma das mais famosas foi seu pedido aos defensores do porte de armas a fazer algo para impedir que sua rival, a democrata Hillary Clinton, chegue à Casa Branca, embora sua discussão com os pais de um soldado americano e muçulmano morto na Guerra do Iraque tenha sido o que mais lhe rendeu críticas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos