Maduro diz que há condições para dar segundo passo em reabertura de fronteira

Caracas, 20 ago (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse neste sábado, após confirmar o bom funcionamento das passagens na fronteira com a Colômbia que foram recentemente reabertas, que há condições de iniciar o "segundo passo" na abertura gradual dos pontos na divisa com fins econômicos.

"Estamos avaliando bilateralmente para ver o segundo passo que é preciso dar. Se o primeiro é dirigido a beneficiar o povo da fronteira, o segundo tem que ser a economia, o comércio. Acredito que estamos preparados para dar o segundo passo", disse Maduro durante uma reunião do Conselho de Ministros transmitida pela emissora estatal venezuelana "VTV".

Maduro disse que irá chamar o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, para conversar sobre o "êxito total" da reabertura das passagens fronteiriças para pedestres que já completou uma semana, após terem ficado fechadas um ano por ordem do governo da Venezuela.

Na terça-feira, Maduro disse que está pronto para estabelecer um sistema de transporte nas passagens da fronteira com a Colômbia para as pessoas que circularão pelos pontos para pedestres.

A Migração Colômbia informou ontem que mais de 326 mil venezuelanos entraram no país na primeira semana de reabertura, a maioria para comprar alimentos, remédios e artigos de necessidade básica que não conseguem encontrar em seu país de origem.

A fronteira comum foi fechada há um ano por ordem de Maduro, como parte de um plano para combater supostos paramilitares que operam na região e o contrabando de produtos da Venezuela para a Colômbia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos