Santos denuncia invasões de venezuelanos em municípios da Colômbia

Bogotá, 20 ago (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, denunciou neste sábado "problemas de invasões" por parte de cidadãos venezuelanos que não retornam a seu país depois da abertura da fronteira fechada há quase um ano por decisão de Caracas.

Ao término de um conselho de segurança no departamento de Arauca, na fronteira com a Venezuela, o líder disse que há "problemas de invasões em diferentes municípios, cidades, de venezuelanos que vêm e que não retornam".

A fronteira comum, de 2.219 quilômetros, foi fechada quase um ano por ordem do presidente Nicolás Maduro, como parte de um plano para combater supostos paramilitares que operam na região e o contrabando de gêneros de primeira necessidade da Venezuela para a Colômbia.

Com relação às invasões, Santos disse que esse é um problema que vai enfrentar e sobre o qual já tem algumas ideias sobre como administrá-lo.

Santos não detalhou os lugares em que acontecem as invasões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos