Chefe de campanha de Trump deixa no ar plano de deportações em massa

Washington, 21 ago (EFE).- Os planos de deportação em massa de milhões de imigrantes ilegais propostos pelo candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda estão sendo determinados e serão desenvolvidos "nas próximas semanas", declarou neste domingo Kellyanne Conway, sua nova chefe de campanha.

Deste modo, Conway deixou no ar um das propostas mais controvertidas do magnata nova-iorquino, que afirmou durante a campanha que quer empregar "uma força de deportação" que tire dos EUA os 11 milhões de imigrantes ilegais que vivem no país.

"O que Trump defende é assegurar que a lei seja aplicada, que sejamos respeitosos com esses americanos que estão buscando empregos bem remunerados e que sejamos justos e humanos com aqueles que vivem entre nós", afirmou Conway, nomeada esta semana e que era até agora assessora e analista de pesquisas da candidatura de Trump em entrevista à emissora "CNN".

A nova chefe de campanha evitou concretizar detalhes sobre o plano migratório de Trump e se limitou a anunciar que o magnata oferecerá mais precisão "nas próxima semanas".

No sábado, o candidato republicano se reuniu com seu recém criado Conselho Nacional Hispânico de Assessoria, um conjunto de líderes empresariais, civis e religiosos, com o qual o magnata procura relançar sua debilitada posição nas pesquisas entre a comunidade latina após várias declarações polêmicas.

Várias pesquisas nacionais situam Trump 60 pontos abaixo da candidata democrata Hillary Clinton em intenções de voto entre os latinos, cujo crescente peso demográfico nos EUA faz com que seu apoio seja fundamental para conseguir vencer em estados estratégicos nas eleições de novembro próximo.

Trump chamou os imigrantes provenientes do México de "estupradores" e os responsabilizou pelo tráfico de drogas, e prometeu a construção de um muro na fronteira sul americana para conter a imigração irregular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos